COMO PREVENIR AS MANCHAS NO VERÃO

11/12/2018

A chegada do verão é motivo de alegria para boa parte dos brasileiros, que adoram as altas temperaturas, o sol e a diversão nas praias e piscinas. Mas para quem sofre com as manchas – sobretudo as manchas no rosto, como o melasma – o verão pode ser motivo de desespero.

O que ocorre, em boa parte das manchas, é que a exposição excessiva ao sol (em alguns casos, qualquer mínima exposição) é capaz de excitar os melanócitos, que são as células que produzem a melanina, pigmento que dá cor à nossa pele e – infelizmente – às nossas manchas.

Mas a pergunta é: mesmo diante desse mecanismo, é possível prevenir as manchas sem perder a alegria do verão?

A resposta – felizmente – é sim! Com moderação e os cuidados certos, é super possível curtir o verão e se manter bem longe das manchas. Quer saber como?

FILTRO SOLAR – O BÁSICO DO BÁSICO

Pedro Bial repetiu aos quatro ventos há alguns anos, todo mundo já sabe, mas não custa repetir: use filtro solar.

Não existe forma melhor de prevenir as manchas (e problemas bem mais sérios, como o câncer de pele) que utilizar o filtro solar corretamente. Para você que não sabe exatamente qual a maneira correta de usar o protetor, aí vão algumas dicas:

  • A escolha do produto: Utilize o filtro indicado pelo seu dermatologista. Somente ele saberá fazer essa escolha, com base no seu tipo de pele, seus hábitos de vida e nas caraterísticas das suas manchas.
  • O FPS: No verão, a regra é clara: nunca abaixo de 30. Se você tem a pele muito clara e sensível, vale apostar nos chamados bloqueadores, com FPS acima de 50.
  • O momento certo de aplicar: Aplique o filtro sempre 30 minutos antes de se expor diretamente ao sol.
  • Onde aplicar: Aplique o filtro em toda e qualquer região que vá ficar exposta ao sol. No caso de exposição direta, a dica é proteger simplesmente tudo, incluindo os cabelos, usando filtros solares especiais para essa região.
  • A quantidade: De acordo com a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), a quantidade ideal para cada região do corpo é: uma colher de chá no rosto, pescoço e cabeça; uma colher de chá na parte anterior do tronco e uma para a região posterior; uma colher de chá para cada braço; uma colher de chá para a parte anterior das pernas e uma para a região anterior.
  • O momento certo de reaplicar: Reaplique a cada 2 horas ou sempre que se molhar no mar ou na piscina.

MAIS PROTEÇÃO, POR FAVOR

O filtro solar ajuda – e muito – na prevenção das manchas, mas pode não ser suficiente em alguns casos. Para reforçar a proteção, a dica é evitar ao máximo a exposição direta aos raios solares e se abusar dos acessórios com proteção UVA e UVB, como chapéus, bonés, óculos de sol,  e roupas especiais. É cada vez mais fácil encontrar esses produtos em lojas físicas e online.

E OS TRATAMENTOS PARA AS MANCHAS, DEVO INTERROMPER?

É mito que todos os tratamentos para as manchas devem ser interrompidos no verão. Em geral, são descontinuados os tratamentos que sensibilizam muito a pele, como ácidos de uso domiciliar, peelings mais profundos, lasers ablativos, etc. Mas outros, mais suaves, podem ser mantidos, levando em conta a programação de férias.

Converse com seu dermatologista. Ele definirá o que pode ser mantido e o que deve esperar as temperaturas baixarem.

E SE ELAS ESCURECEREM? O QUE DEVO FAZER?

Em alguns casos, mesmo com todo rigor com os cuidados, as manchas ainda insistem em escurecer. Isso ocorre não só devido à exposição aos raios solares… as temperaturas altas podem, por si só, excitar os melanócitos a distribuir mais melanina na pele e, assim, escurecer as manchinhas.

Nesses casos, o melhor é buscar ajuda especializada. Na My Beleza, existem diversos tratamentos para as manchas. Conheça os mais realizados:

  • Luz Intensa Pulsada (LIP): tratamento super versátil, é capaz de clarear as manchas de sol (melanoses solares) e as sardas, além estimular a produção de colágeno e remover aqueles pequenos vasinhos que surgem perto do nariz e nas bochechas.
  • Laser Elektra: boa opção para quem busca um clareamento mais rápido ou mais intenso das melanoses ou sardas. Diferente da luz intensa pulsada, é feito pontualmente sobre as manchas, enquanto a LIP é feita na região como um todo.
  • Microagulhamento robótico Endymed: excelente opção para quem deseja clarear as manchas, sejam elas melanoses, sardas ou melasma, e ainda melhorar a qualidade global da pele. A tecnologia rejuvenesce, fecha os poros e melhora o aspecto das rugas e linhas finas.
  • Peelings: os peelings químicos são ótimas opções para clarear as manchas e podem ser utilizados isoladamente ou associados a outros tratamentos, como a o microagulhamento robótico.

Quer saber mais sobre essas e outras tecnologias? Agende uma avaliação gratuita em uma de nossas sete clínicas.

Contato

Agende uma avaliação gratuita em uma das nossas 7 clínicas.

* Campos obrigatórios!