Os melhores tratamentos para eliminar a papada

15/04/2019

Quem sofre com a papada, também conhecida como queixo duplo, sabe o quanto o problema incomoda e – pior – o quanto é difícil eliminá-lo.

Causada pelo excesso de gordura abaixo do queixo e pela perda progressiva de firmeza da pele, a papada já não é, felizmente, uma indicação exclusiva da cirurgia plástica.

Embora as lipoaspirações e ritidoplastias sejam opções para casos de flacidez avançada ou grandes acúmulos de gordura, muitos pacientes não podem ou não desejam se submeter a um procedimento mais invasivo.

Para esclarecer melhor o assunto, vamos descrever os tratamentos mais realizados para eliminar a papada.

Mas antes de falar dos tratamentos, é bom lembrar hábitos de vida saudáveis, com boa alimentação e atividade física regular, são o meio mais eficaz para prevenir o surgimento da papada.

TRATAMENTOS NÃO INVASIVOS

Acúmulos de gordura e flacidez moderada podem ser tratados, de forma muito eficaz, com o auxílio da tecnologia.  Veja os mais usados:

RADIOFREQUÊNCIA

Um dos tratamentos mais conhecidos para redução da papada é a radiofrequência. A tecnologia, que promove um aquecimento controlado do tecido subcutâneo, promove a contração e o estímulo à produção de colágeno, além de aumentar o metabolismo local, aumentando a chamada lipólise intracelular.

Na My Beleza, optamos pelo Venus Legacy, uma multiplataforma de tratamentos faciais e corporais que combina radiofrequência multipolar, pulso eletromagnético e uma tecnologia de vácuo exclusiva chamada Varipulse.

O tratamento é rápido (dura no máximo meia hora) e super confortável (a sensação é de um aquecimento gostoso). Os resultados podem ser vistos já a partir da primeira sessão e o protocolo completo é de 6 sessões, realizadas com intervalos de 15 dias.

ULTRASSOM MICRO E MACROFOCADO

O ultrassom micro e macrofocado Ultraformer III é uma verdadeira revolução não somente no tratamento da papada, como da flacidez facial e corporal e no combate a pequenos acúmulos de gordura.

O Ultraformer III é uma tecnologia de ultrassom micro e macrofocado de alta intensidade, capaz de elevar a temperatura até 65,4oC na região tratada. Esse calor gera microlesões na área tratada, estimulando profundamente a produção de colágeno.

O grande diferencial do Ultraformer III é que ele promove um aquecimento em diferentes profundidades da pele e em uma estrutura chamada SMAS (sistema músculo aponeurótico superficial), promovendo uma contração imediata das fibras de sustentação, estimulando a produção de colágeno novo e provocando a quebra das células de gordura.

O resultado é um efeito de lifting imediato e uma melhora progressiva da firmeza da pele, que pode ocorrer até 6 meses após o procedimento.

DERMOCOSMÉTICOS

Embora atuem mais a longo prazo, cremes firmadores que estimulem a produção de colágeno podem ser utilizados como complementos nos tratamentos da papada.

Produtos ricos com ácido hialurônico, Vitamina D e E, Retinol e DMAE são boas opções. Pra saber qual o produto mais indicado para o seu caso, consulte seu dermatologista.

TRATAMENTOS INVASIVOS PARA PAPADA

Para casos mais complexos, onde os acúmulos de gordura são muito extensos e o excesso de pele se faz presente, a cirurgia plástica passa a ser a melhor opção. Veja os procedimentos mais realizados:

LIPOASPIRAÇÃO

A lipoaspiração é uma opção para quem sofre com grandes acúmulos de gordura, mas não apresenta muita flacidez ou excesso de pele na região.

Na cirurgia, que deve ser realizada por um cirurgião plástico especializado, a gordura da papada é aspirada através de cânulas inseridas através de pequenos orifícios.

RITIDOPLASTIA

Quando a papada está relacionada a muita flacidez e excesso de pele (como ocorre em pacientes mais velhos ou que passaram por grandes perdas de peso, como após a cirurgia bariátrica), pode ser necessário associar uma cirurgia chamada ritidoplastia, que remove a pele em excesso e reposiciona os tecidos da face e do pescoço, resultando numa aparência mais jovem e descansada.

COMO SABER QUAL O MELHOR TRATAMENTO PARA O MEU CASO?

A dica é sempre a mesma: converse com um especialista no assunto. Só ele poderá esclarecer todas as suas dúvidas e indicar o melhor tratamento para o seu caso.

Contato

Agende uma avaliação gratuita em uma das nossas 7 clínicas.

* Campos obrigatórios!